15 de ago de 2009

BICO DO PAPAGAIO




A trilha segue fácil e com poucos aclives e declives até a bifurcação na base da rocha. À esquerda, segue para o Pico do Archer e, à direita, para o Bico do Papagaio. A partir daí, torna-se um tanto íngreme e apresentando alguns obstáculos, sendo necessária certa habilidade, pois existem pedras que possuem inclusive vergalhões em forma de escada para auxiliar a subida e a descida.
A vista no pico é maravilhosa. Pode-se avistar o verde do parque e a orla que se estende até a zona oeste. Em dias de céu limpo e com um bom binóculo, avistam-se inclusive as praias do Perigoso e do Meio.
É no pico um dos pontos para a prática do rapel. Existem grampos em bom estado para se fazer uma ancoragem segura.
Outra possibilidade é descer o pico pela esquerda em uma pequena garganta e contorna-lo para a parte de baixo. É preciso MUITO CUIDADO, pois há uma parte em que é necessário passar se arrastando e tendo uma rocha em sua cabeça e um enorme abismo a frente. Vale a visita.
Duração: Aproximadamente 40 min
Nível: Fácil - Média